STF : “QUANDO OS DEUSES DO OLYMPOS DIZEM NÃO !"

Por : Pettersen Filho

Seres aparentemente dispares, absolutamente dissociados do Planeta Terra, habitantes imaculados de Júpiter ou Marte, com suas Togas suntuosas, abduzidos da realidade que assola o País chamado Brasil, desde pequenos roubos, ou furtos no sinal de trânsito, até as grandes mazelas que governam Brasília, em sua imprudente maioria, longe do clamor das ruas, os Ministros do Supremo Tribunal Federal, decidiram essa semana, contrário a tendência já consolidada, de recolher ao cárcere os condenados em segunda instância, em inadmissível casuísmo, e desatino  histórico,  manter solto o Ex-presidente, e Gangster, Luis Inácio Lula da Silva, condenado pelo TRF a mais de dose anos de prisão, mesmo diante provas irrefutáveis de corrupção , formação de quadrilha, lavagem de dinheiro, enriquecimento ilícito e crime lesa Pátria, enquanto na Presidência a República, e mesmo fora dela, naquela que se tornou a mais elaborada quadrilha que assaltou os cofres públicos no País, de fazer, mesmo, causar inveja a FHC, a sua Privataría Tucana, e todos os corruptos solitários que antes o antecederam.

 

Abrigado na Máquina Partidária, dissimulado em Agente da Luta de Classes, em Sindicatos e Associações Classistas, Movimentos Sociais cooptados, UNE, CUT, MST, Luis Inácio, e sua sucessora Dilma Roussef, institucionalizaram a Corrupção, fazendo eventualmente do caso esporádico do Fiscal Corrupto, ou do Guarda de Trânsito, isolado, aqui ou acolá, nessa ou naquela repartição pública, mero chaveirinho, fabula infantil, aparelhando, sistematicamente, na Petrobras, Transpetro, Caixa Econômica, BNDES, e outros, em pontos chaves, o Estado brasileiro com seus asseclas, nas maiores Empresas e Agências Públicas brasileiras, cuja meta partidária era amealhar recursos, mediante propina, para aprovação de toda, e qualquer Obra, ou Compra Pública no País.

Esquema desvendado na Lava Jato, provado e reprovado nos tribunais, em primeira instância, também corroborado em segunda instância, que surrupiou merenda nas escolas, medicamentos nos hospitais e desviou pensões e benefícios de doentes e aposentados, teve no julgamento do Habeas Corpus Preventivo, que proibiu a Prisão de Lula, pelo menos até o dia 04 de Abril, quando se decidirá o Mérito, nas pessoas dos Ministros Gilmar Mendes, Lewandovisk, Dias Toffoli, Weber, Marco Aurélio, Celso de Melo e Alexandre de Morais seus maiores artífices, levando-nos a questionarmo-nos, em pergunta que não pode calar: Estariam Eles também em sua folha de Pagamento ?

Julgamento que envergonhou o País, estremeceu as casernas, é, minimamente sintoma anacrônico de um Pais que vai de mal à pior, passando-nos, à Nação, a certeza histórica do que um dia predestinou Rui Barbosa: “Haverá um tempo em que a desonestidade será tanta que o Homem honesto terá vergonha de sê-lo”:

Será ?

 

Antuérpio Pettersen Filho, membro da IWA – International Writers and Artists Association, é advogado militante e assessor jurídico da ABDIC – Associação Brasileira de Defesa do Individuo e da Cidadania, que ora escreve na qualidade de editor do periódico eletrônico “Jornal Grito do Cidadão”, sendo a atual crônica sua mera opinião pessoal, não significando necessariamente a posição da Associação, nem do assessor jurídico da ABDIC.