FORTALEZA : “ATRAVÉS BRIC`S RUSSIA FURA BLOQUEIO EUROAMERICANO...”

  • Imprimir

Por : Pettersen Filho

 Reunida, essa semana, em Fortaleza, Brasil, a Federação Russa, através do seu Mandatário, Vladmir Putim, juntamente com os demais membros do chamado Bric`s, Grupo que reúne países de realidades tão assimétricas, como China e África do Sul, ou Brasil e Índia, mas, cujo interesse de romper o Domínio Americano, e do Dollar, desde Breton Woods (1944),  logo no finalzinho da Segunda Guerra Mundial, como Moeda de Troca Internacional, a Rússia, especialmente, consegue ganhar voz, fora do Boicote, e Sanções, que ora sofre por parte da União Europeia e Estados Unidos, desde a deterioração da situação na Ucrânia, e anexação da Crimeia, fazendo-o através da Fundação, em conjunto com os demais sócios, em momento particularmente sensível para a sua Política Externa, de um Banco de Desenvolvimento dos Bric`s, paralelo ao atual FMI e Banco Mundial, com quem, fatalmente, se rivalizará.

 

 

Previsto funcionar para daqui a dois anos, com capital inicial de 50 Bilhões de Dollares, acrescido de um Fundo de Socorro para os Bric`s, de outros Cem Bilhões, cuja quota majoritária caberá à China, seguida da Rússia, Índia  e Brasil, com menor quota da África do Sul, com sede longe de Wall Street, ou Londres, o Banco promete ser, também, alternativa para outros países, que não Bric`s, em contrapeso às atuais instituições de prevalência Norte-americana ou Europeia, acrescentando lenha a tendência Mundial de deixar de financiar a Economia Americana, sem lastro, a partir do Dollar, cuja “Casa da Moeda”, ou Gráfica, os Americanos tem a exclusividade de emitir, como se fossem Revistinhas de Wall Disney, sem dar qualquer satisfação ao Mundo, mesmo que sem contrapartida em ouro, que o lastreie, conforme o fez, em maior escala, desde a Crise de 2008, da chamada Bolha Imobiliária, afogando os Mercados do Planeta com sua “Moeda Podre”

 

Tal “Manobra”, se assim a podemos chamar, embora vinda no atual momento, é, na verdade, fruto de uma Política progressiva dos Bric`s, capitaneados pela Rússia, e pela própria China, hoje, a maior detentora dos Títulos da Divida Americana, quem acabam de fechar um acordo mutuo de fornecimento de Gás, da Rússia â China, envolvendo Trilhões, mas expressos na Moeda de ambos, Rubro ou Yuan, minando a atual “Ditadura do Dollar”, ou do Euro, seu “Irmão Gêmeo” impresso na Europa.

 

Inusitado, o Acordo de Fortaleza, justamente por ser assinado na América Latina, considerada desde o sempre “Quintal dos Estados Unidos”, sua Área de Influência exclusiva, no que se seguiu da Reunião de vários Lideres Latinos Americanos, enseja, minimamente, as bases de uma futura União Pacifico/Atlântico, jamais concebida ou obrada, devido à realidade tão diferente entre os próprios Países Bric`s, cujo elemento catalizador em comum, por incrível que pareça, a Arrogância Americana fez unificar.

 

ANTUÉRPIO PETTERSEN FILHO, MEMBRO DA IWA – INTERNATIONAL WRITERS AND ARTISTS ASSOCIATION É ADVOGADO MILITANTE E ASSESSOR JURÍDICO DA ABDIC – ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE DEFESA DO INDIVÍDUO E DA CIDADANIA, QUE ORA ESCREVE NA QUALIDADE DE EDITOR DO PERIÓDICO ELETRÔNICO “ JORNAL GRITO CIDADÃO”, SENDO A ATUAL CRÔNICA SUA MERA OPINIÃO PESSOAL, NÃO SIGNIFICANDO NECESSARIAMENTE A POSIÇÃO DA ASSOCIAÇÃO, NEM DO ADVOGADO.