CONTAGEM REGRESSIVA: “BRASIL ENTREGARÁ TERRITÓRIOS À ONU...”

Por : Pettersen Filho

Conforme dispõe Convenção firmada entre o Governo Brasileiro e a OIT - Organização Internacional do Trabalho, a chamada de “Convenção 169”, termina dia 24/07/2014, o prazo fatal para que o Brasil denuncie o “Tratado”, segundo o qual, na pratica, a “Administração” dos Territórios Indígenas Brasileiros, Reservas Minerais e Biológicas riquíssimas, poderão, perigosamente, ser transferidos à ONU, conforme já denunciava, antes da sua morte, ano passado, o Engenheiro  Criador Nacional do Programa do Proalcool, José Walter Bautista, em Vídeo antológico : https://www.youtube.com/watch?v=iTzPfRM2-D4 , que bem explicita a Ganancia de Governos Estrangeiros pela Amazônia Brasileira, e o quanto tem sido entreguistas os últimos Governos do Brasil, de diversos viés ideológicos, desde Fernando Henrique Cardoso, o primeiro a tratar do assunto, e celebrar tal Convênio, também ratificado por Luis Inácio Lula, e, ora, negligenciado retificar o Tratado, impedindo a sua vigência, a atual President”a” Dilma Roussef.

 

 

Assunto, infelizmente, fora da pauta de Discussão do Congresso Nacional, em recesso, sem que o “Debate” fosse, sequer, levado às Ruas, objeto de Tratativas, apenas, no Primeiro Escalão do Governos, aliás, dos últimos três Governos, sem observar o menor interesse nacional, inocentemente tratado como simples “Convenção Trabalhista”, quando, na verdade, é Expropriação, pura e deliberada, de Territórios Nacionais, a título de preservação de Psêudo-regras Trabalhistas Internacionais, que comprometem a Soberania Brasileira sobre as Reservas indígenas, exige, minimamente, atenção de todo Brasileiro, e até Indígena, que não desejem, amanhã, a pretexto de “Ação Humanitária”, ou outra baboseira assemelhada, ver os Capacetes Azuis da ONU, com tropas da NATO – Aliança Militar do Atlântico Norte, leia se Europa e EUA, ocuparem Estados inteiros do Brasil, e que não desejem, nas gondolas dos supermercados, ver o preço do pãozinho de sal, ou do bife, aumentar. 


Quanto aos Povos Indígenas, sempre soubemos, ao contrario da Sétima Cavalaria Americana, e do General Custer, cuidar muito bem deles, sem que isso importe na Renúncia da nossa Soberania, ou do seu completo Extermínio, como ocorreu na Europa e EUA

 

ANTUÉRPIO PETTERSEN FILHO, MEMBRO DA IWA – INTERNATIONAL WRITERS AND ARTISTS ASSOCIATION É ADVOGADO MILITANTE E ASSESSOR JURÍDICO DA ABDIC – ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE DEFESA DO INDIVÍDUO E DA CIDADANIA, QUE ORA ESCREVE NA QUALIDADE DE EDITOR DO PERIÓDICO ELETRÔNICO “ JORNAL GRITO CIDADÃO”, SENDO A ATUAL CRÔNICA SUA MERA OPINIÃO PESSOAL, NÃO SIGNIFICANDO NECESSARIAMENTE A POSIÇÃO DA ASSOCIAÇÃO, NEM DO ADVOGADO.