GOLPE NO PROCESSO ELEITORAL : “MORRE EDUARDO CAMPOS...”

Por : Pettersen Filho

Assim que soube, estarrecido, da Morte do Candidato à Presidente da República, Eduardo Campos, através da minha Esposa, quem ouvira na Rua, enquanto comprava umas miudezas, do Trágico Acidente Aéreo que vitimou o Candidato, a primeira pergunta que me ocorreu, ante aos fatos, até então, mero Boato, foi indaga-la se a sua Candidata à Vice-presidente, Marina Silva, encontrava-se no voo, prevendo, já, o pior...

RespostaNegativa, logo, anuviou-se meu coração, já mais apaziguado, já compreendendo que aquilo se tratava, realmente, de um mero “Acidente”, uma dessas Fatalidades do Destino, que abreviou a passagem do Jovem Candidato, Eduardo Campos, Neto de Miguel Arraes, Herdeiro de uma Esquerda Política Histórica e Consistente, que vivera o seu Avô, oriundo, que era, de uma verdadeira Dinastia de Políticos, de uma Época em que Política ainda se escrevia com “P” maiúsculo, retirando-o, por simples azar, da convivência conosco, meros mortais.

 

 

Passado o susto, ocorre-nos que Eduardo Campos, independente se vencesse, ou não vencesse, o Pleito Eleitoral, para o qual se candidatara ao Cargo Máximo da República, como Presidente, numa Aliança, antes, bastante improvável, com Marina da Silva, sua Vice, dissidente do PT – Partido dos Trabalhadores, de quem fora das primeiras adeptas, e de quem divergiu, ainda no Governo Lula, dentre a sua “Doutrina Ambiental Conservacionista”, quase uma “Fixação”, à frente do Ministério do Meio Ambiente, que também abandonou, representava, minimamente, um “Fator de Mudança” nos debates que vinham se processando no País, desde os últimos 12 anos, num discurso insólito, Não-programático, quase sempre envolto em Golpes Baixos e Corruptelas, entre PSDB, da “Oposição”, mais à Direita, e do PT, da Situação, mais à “Esquerda”, prometendo, ele mesmo, um pouco mais “Conservador” que Marina da Silva, cuja “Missão” na Chapa seria domar a “Fadinha Rebelde”, Marina Silva, representada pelas suas Ideias Xiitas Ambientais, coisa que vinha realizando muito bem, alcançando o Terceiro lugar nas estatísticas eleitorais, próprio a, pelo menos, conduzir as Eleições ao Segundo Turno, onde poderia operar como o “Fiel da Balança”, adunando a uma ala, ou outra, do eventual futuro Novo Governo, condicionado a esse, uma vez no Poder, o seu próprio tempero.

 

Fruto, por seu turno, de uma Aliança, a qual Eduardo Campos se utilizou, para o seu Projeto de Governo, à frente do PSB, no Acordo improvável feito com Marina da Silva, da REDE, Partido inacabado, cujo Registro, de ultima hora, negado pelo Tribunal Eleitoral, mas, forte em suas Bases, renitente quanto a sucumbir as Cantilenas vindas do Planalto, demovendo-o da Ideia de “Concorrer”, rivalizando com a própria Dilma, Candidata Oficial do Planalto, tendente a ser uma “Terceira Via”, que não PT ou PSDB, o passamento de Eduardo, certamente, trará uma certa melancolia ao Processo Eleitoral brasileiro, quem sabe, abreviando-o, incautamente, num, hoje, totalmente provável escrutínio de um só Turno, pobre em ideias e debates programáticos entre os atuais, cada vez mais semelhantes, em sua famigerada busca pelo Poder, do “Poder pelo Poder”, PSDB e o PT: Infelizmente.

 

Tudo dependerá, tão somente, para onde vai se inclinar Marina Silva, e o legado de Eduardo Campos...

 

Então, Eduardo Campos: “Que o Céu lhe seja Leve.”

 

OBS: Veja também: http://www.abdic.org.br/index.php/385-campanha-eleitoral-os-varios-naos-de-aecio-neves 

 

ANTUÉRPIO PETTERSEN FILHO, MEMBRO DA IWA – INTERNATIONAL WRITERS AND ARTISTS ASSOCIATION É ADVOGADO MILITANTE E ASSESSOR JURÍDICO DA ABDIC – ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE DEFESA DO INDIVÍDUO E DA CIDADANIA, QUE ORA ESCREVE NA QUALIDADE DE EDITOR DO PERIÓDICO ELETRÔNICO “ JORNAL GRITO CIDADÃO”, SENDO A ATUAL CRÔNICA SUA MERA OPINIÃO PESSOAL, NÃO SIGNIFICANDO NECESSARIAMENTE A POSIÇÃO DA ASSOCIAÇÃO, NEM DO ADVOGADO

 

 

DEFESA DO CONSUMIDOR – CIDADANIA - PEQUENAS CAUSAS CIVEIS ???

  

“DIVULGUE NOSSO TRABALHO PARA QUE NÓS TAMBÉM DIVULGUEMOS VOCÊ”

REPASSE ESSE E-MAIL A UM AMIGO !