JOAQUIM BARBOSA: “A DESCONSTRUÇÃO DA IMAGEM DO MINISTRO...”

  • Imprimir

Por : Pettersen Filho

Transformado numa espécie de Super Herói , ou Paladino da Justiça , o intrépido Ministro do Supremo Tribunal Federal, Joaquim Barbosa , durante o Julgamento do Processo que ficou conhecido como “Mensalão”, envolvendo as mais expressivas personalidades do PT – Partido dos Trabalhadores, e da Base Aliada do Governo Lula, ainda em fins de 2012, propenso a conduzir ao cárcere figuras não menos expressivas da Política Tupiniquim , e seu “Esquema” de financiamento de apoio político, regado à verbas públicas, passados já mais de seis meses, sem que ninguém, efetivamente, tenha sido preso, aos poucos, e de forma imperceptível, a Imagem do Ministro Joaquim Barbosa, outrora visto bracejando, tocando em frente o Julgamento, mesmo diante da dissimulação lewianodowiskiana dos seus pares, vai perdendo o brilho, e por que não afirmar, vem sendo maculada.

 

Julgamento que atendeu, indubitavelmente, à vários propósitos, tanto aos que, de Direita , queriam ver o Governo dos Trabalhadores afogar-se na própria lama, como aos que, por outro lado, sendo de Esquerda , pelo menos de uma “Esquerda de Outrora”, confortavelmente instalados no Palácio do Planalto, há mais de dez anos, não queriam ver nada apurado, a presença combativa, às vezes, até, truculenta, do Ministro Joaquim Barbosa, em homéricos discursos, transmitidos ao vivo e a cores para todo Brasil, sem duvidas, foi figura impar.

Alçado, ora, até a “Condição” de “Candidatável” à Presidência da República , numa futura eleição, o que despertou a ira dos que já se sentem, naturalmente, Candidatos, seja Aécio Neves , como Pássaro Maior do Tucanato Brasilís, diga-se PSDB, Partido que acredita-se ser o natural representante da Nova Direita “Moderna”, a Patriota, e ao mesmo tempo, Neo-liberal, a mesma que causou a desastrada Privataria Tucana, ao tempo de Fernando Henrique Cardoso, ou, seja, até, da própria atual Presidente da República, Dilma Roussef, tendente a ocupar novamente tal posto, para si, ou para o seu Padrinho Político, Luis Propinácio da Silva, tal desenvoltura, e destaque político, contudo, não interessam, obviamente, à nenhuma das forças que atualmente disputam o Palácio do Planalto.

Quadro Político que se modificou, desde o Pirotécnico Julgamento do Mensalão, com o novíssimo ingrediente do Povo nas Ruas, durante a Copa das Confederações, em junho ultimo, demonstrando nítida aversão à Política Partidária, tal como ela é tocada hoje no Brasil, na base do “toma lá e me da cá”, tanto do atual Governo, como da comportada Oposição, fato é que o Ministro JoaquimBarbosa , à margem de uma eventual Candidatura, que pouca chance terá, se não prestável ao atual Jogo Partidário, na garupa de um Partido convencional, do tipo PSDB, ou PT, que o acolham, ao mesmo tempo em que é cortejado, por uns, é decapitado por outros, que ficam a cata de possíveis escândalos que o envolvam, bem, como a sua família...

...E esse filme, nos, Tupiniquins de Carteirinha, vacinados e vividos, bem já conhecemos:

“É Golpe !”

Crônica postada originalmente em www.paralerepensar.com.br

ANTUÉRPIO PETTERSEN FILHO, MEMBRO DA IWA – INTERNATIONAL WRITERS AND ARTISTS ASSOCIATION É ADVOGADO MILITANTE E ASSESSOR JURÍDICO DA ABDIC – ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE DEFESA DO INDIVÍDUO E DA CIDADANIA, ALÉM DE SÓCIO CORRESPONDENTE DO INSTITUTO DE CIÊNCIAS BIOLOGIAS,  POLÍTICAS E SOCIAIS DOM VASCO FERNANDES COUTINHO, QUE ORA ESCREVE NA QUALIDADE DE EDITOR DO PERIÓDICO ELETRÔNICO “ JORNAL GRITO CIDADÃO”, SENDO A ATUAL CRÔNICA SUA MERA OPINIÃO PESSOAL, NÃO SIGNIFICANDO NECESSARIAMENTE A POSIÇÃO DA ASSOCIAÇÃO, NEM DO ADVOGADO.