A INCONFIDÊNCIA MINEIRA NOSSA DE HOJE EM DIA...

Por : Pettersen Filho

Crônica recorrente, que todos os anos, com pequenas modificações e contextualização história, reproduzo a cada 21 de Abril, ora, novamente reedito, em dias acalorados de hoje, quando se discute a Crise Financeira Mundial , a Desoneração Fiscal e o Papel do Estado Brasileiro na Economia e nos Meios de Produção, no promiscuo Jogo Político do “Toma Lá e Me Dá Cá ”do Congresso Nacional, e entre os vários Institutos da Federação, União, Estados e Municípios , tendo por personagens Figuras já Carimbadas da Velha República, tais como José Sarney, Michel Temer e outros, é necessário, especialmente, que reportemos o 21 de abril de 1789, em que, cansados do Jugo Português e da Ferocidade Arrecadatória da Coroa, reuniram-se, em Vila Rica - MG, atual cidade de Ouro Preto, alguns intelectuais da época, a destacar, Cláudio Manoel, Thomaz Antônio Gonzaga, Marília de Dirceu, Padre Rolim, Tiradentes , e muitos, muitos sonegadores.

Leia mais...

NESTA QUINTA, 20/04 PROJETO “QUINTAS & SAXTAS, UM BANQUINHO & UM VIOLÃO” : JOTA VIEIRA NO INCONFIDENTE MINEIRO...

Por : Pettersen Filho

Na entradinha do Feriado de Tiradentes, data cívica nacional,, o Cerimonial Hostel Inconfidente Mineiro, no Projeto Cultural “Quintas & Sextas : Um Banquinho & Um Violão”, parceria entre o Cerimonial Hostel Inconfidente Mineiro, apto a receber festividades, shows, palestras, exposições de arte, com 19 suítes a disposição do público de fora de Belo Horizonte-MG & o Bar e Restaurante homônimo, Inconfidente Mineiro, que oferece aos frequentadores, Tira Gostos variados, às vezes Pé de Porco, Rabada, Torresminho, e outras iguarias mineiras, sempre às Quintas & Sextas Feiras, trarão o Musico e Compositor Jota Vieira, das 19:00 às 22:00 hs, à Av. Deputado Anuar Menhem, 1075 – Santa Amélia, Região da Pampulha.

Leia mais...

ANTIGO “BAR DU JOÃO”, INCONFIDENTE MINEIRO ASSUME CHANCELA PRÓPRIA...

Por : Pettersen Filho

Parceria produtiva e duradoura, que permaneceu por mais de dois anos, finalmente chega ao seu fim, rendendo juros e dividendos para todos, “Bar du João”, que funcionou servindo o melhor Tira Gosto, e Comida Mineira, da Região da Pampulha, com mais de trinta anos de tradição, através do João e da Edileusa, e o Cerimonial, hoje também Hostel, “Inconfidente Mineiro”, que os teve nesse agradável período como Parceiros inestimáveis.

Leia mais...

“JOGOS DE GUERRA” : DONALD TRUMP BRINCA COM NOSSAS VIDAS NA COREIA DO NORTE...

Por : Pettersen Filho

Enquanto a Poderosa Frota de Ataque da Marinha Norte Americana se aproxima da Península Coreana, parece que, ainda congelada na década de cinquenta, quando vigia o auge da guerra fria, a Coréia do Norte, detentora de um dos regimes comunistas mais ferrenhos do mundo, após registrar, há cerca de poucos anos atrás, a sua primeira explosão atômica, em testes subterrâneos realizados ao norte do país, próximo à fronteira com a China, ruge os tambores, ante a emeninecia de possível desembarque dos Marines, totalmente incapaz de rivalizar, com seus velhos Mig`s 19 e 21 da década de sessenta, a moderna Frota dos EUA, não restando a Pyang Yang, alternativa alguma, a não ser o revide atômico.

Leia mais...

”PATRULHAMENTO IDEOLÓGICO “ UM TEMA ATÉ HOJE ATUAL...

Por : Pettersen Fulho

Expressão cunhada nos auspícios da Ditadura Militar no Brasil dos anos 70, imagina-se, posta à margem, com a redemocratização do País, nos anos 80: “Patrulhamento Ideológico”, demonstrando o lado mais perverso da Opressão, em que o próprio Pensamento do Indivíduo era censurado, tentativa de proibir credos e estigmatizar ideologias tidas como subversivas, se é que possível, tal verbete caiu em desuso, era o que se suponha, com os novos ventos de liberdade que sopram no nosso Brasil varonil.

Contudo, não é exatamente essa a realidade...

Leia mais...

SAI A LISTA DE FACHIN, TAMBÉM CHAMADA DE LISTA DO FIM DO MUNDO...

Por : Pettersen Filho

Também chamada de Lista de Janot, Lista de Zavask, ou Lista do Fim do Mundo, saiu a Lista de Fachin, assim chamada em razão do Relator do Processo da Lava Jato, que trás em seu bojo, Políticos, e Partidos Políticos, de “A” à “Z”, sem poupar ninguém, transformando o Titanic das praticas políticas escusas brasileiras, definitivamente, numa Nau condenada a ir a pique, no Mar bravio da Impunidade.

Leia mais...

GILMAR MENDES IN CONCERT

Por : Percival Puggina

          Não sei de onde me veio a ideia de que o STF fosse local de infatigável labor. Talvez do exíguo número de ministros, apenas onze para aquelas montanhas de processos. O mais recente dado que encontrei mencionava 77 mil deles. "Uma pela outra" como se dizia antigamente, dá algo como sete mil processos por gabinete. Não há como cumprir essa tarefa sem imensa dedicação ao trabalho, mormente se todos tiverem consciência de que qualquer atraso nas decisões é um freio de mão puxado na justiça ou um acelerador pisado na injustiça. Sempre há algo essencial para todos, para muitos ou para alguém, pendente de decisão. Essa imagem que eu fazia do STF como local de trabalheiras e canseiras se reforçava com a convicção de que as estantes repletas de processos aguardando vez através dos anos, não raro das décadas, haveria de causar angústias no ânimo funcional da Corte e de seu quadro de servidores. Carmem Lúcia, atual presidente, confirmando esse sentimento em recente programa de TV, desabafou: "São onze ministros sem poder parar".

Leia mais...

UM ALERTA DO ZÉ DIRCEU: A DELAÇÃO PREMIADA DO CASAL SANTANA TORNA "PROVÁVEL" A PRISÃO DO LULA.

 

Por : Celso Lungaretti

Notinha interessante do Painel político da Folha de S. Paulo do último domingo, 9: 

"Preso desde agosto de 2015, José Dirceu fez análises sobre o cenário político aos que o visitaram na cadeia recentemente. 

Sem traço de autopiedade, mais magro, mas com boa aparência, disse a aliados que o PT vem ignorando o risco de o ex-presidente Lula ser preso — cenário que ele considera provável, especialmente agora, com as delações do publicitário João Santana e sua mulher, Mônica Moura. Para Dirceu, Lula e Dilma Rousseff são os principais alvos da colaboração.

Leia mais...

PARA UMA REFORMA POLÍTICO-ELEITORAL

Por : Salvatore D' Onofrio

            Em represália à proibição pelo STF (Supremo Tribunal Federal) das empresas financiarem campanhas eleitorais, o Congresso Nacional está apresentando projetos de lei aumentando absurdamente os recursos do fundo partidário, custeado com o dinheiro de nossos impostos, e tentando impor o sistema de lista fechada para os chefões políticos poderem indicar arbitrariamente, sem consulta prévia às bases, os candidatos a cargos eletivos. Quer dizer, o povo, além de gastar mais para financiar campanhas eleitorais eivadas de mentiras e falsas promessas, ainda ficaria privado do direito de escolher seus candidatos. Infelizmente, substituímos a ditadura militar pela ditadura dos partidos, ficando bem longe de um sistema de governo verdadeiramente democrático, empenhado em combater  corrupção e impunidade.

Leia mais...

QUEM É QUE MANDA...

Por : Celso Lungaretti

O apresentador do Big Brother World, Donald Trump, demitiu o participante sírio Bashar al-Assad, que sonha com o papel de serial killer nalgum filmeco de Hollywood. .

Como é difícil concretizar na vida real essas fantasias bobocas que povoam a mente do patético presidente dos EUA, o jeito foi ele exibir o muque de outra maneira: despachando 59 mísseis contra a Síria. 

Leia mais...

PROJETO DE PUNIÇÃO A PROMOTORES, POLÍCIAIS E JUIZES....

Por : Júlio César Cardoso

É patética a empáfia do senador Roberto Requião (PMDB-PR) , como se ele não devesse satisfação  à sociedade que banca o seu  salário, de levar avante o projeto antirrepublicano de punição  a promotores,  policiais e juízes, sem ao menos apreciar a proposta alternativa apresentada pelo procurador geral da República Rodrigo Janot. Isso bem demonstra o firme propósito de dar salvo-conduto ao sindicato criminoso às voltas com a Justiça.

Leia mais...

A VENDA DOS ATIVOS PÚBLICOS DO BRASIL

Por : Profa. Guilhermina Coimbra

É de uma pobreza só, o noticiário sobre temas verdadeiramente de interesse da população.

Tais temas dizem respeito, aos negócios públicos envolvendo a venda de ativos públicos e de minérios geradores de energia.

Esses temas são absolutamente os mais importantes em termos de interesse dos residentes no Brasil,  razão pela qual, não se concebe que possam ser efetuados através de conluios silenciosos.

Leia mais...