POLÍCIA PARA QUEM PRECISA DE POLÍCIA !?

Por : Pettersen Filho

No último dia 21/09/2019, por volta das 04:52 Minutos,  tive o meu pequeno estabelecimento, Hostel & Cerimonial Inconfidente Mineiro Arrombado, no caso, a Loja que fica em baixo do Prédio, onde funciona o Restaurante, tendo os Meliantes levado um Violão Kajima, uma Fonte de Som Markaudio, instrumentos muito específicos, e que requerem Público especial, não comuns no Mercado, bem como Televisor Digital LG Tela Plana, Dois Capacetes de Moto, uma Reserva de Caixa, em espécie de cerca de Trezentos Reais, o Aparelho Celular do Restaurante, com todos os Contatos de Marmita, cerca de trinta ou quarenta por dia, diga-se de passagem, a maior perda, tudo filmado e registrado pela Câmera do Vizinho, comportando-se os Agentes do Crime como quem vai ao Wallmart encher o Carrinho de Compras...

Leia mais...

ATAQUE À ARÁBIA SAUDITA: “GUERRA CHEGA AO REINO DAS MIL E UMA NOITES...”

Por : Pettersen Filho

Conhecida no Imaginário Popular como Terra das Lendas, de Aladim e a sua Lâmpada Maravilhosa, do Tapete Voador e das Mil e Uma Noites, pitoresca visão Ocidental da Arábia Saudita, Maior Exportadora Mundial de Petróleo, Monarquia Absolutista que Governa boa parte da Península Arábica, cujos mentores, justamente, a Família Saudi, protegida e armada à peso de Óleo Cru, e as maiores Reservas de Petróleo do Planeta, pelos Estados Unidos da América do Norte, é no entanto um Reino Perverso, onde as mulheres não podem dirigir os seus próprios carros, muito menos suas respectivas vidas, ou votar, regadas pelo machismo absoluto, recentemente, há pouco mais de três anos, quem intervém diretamente no Iêmen, e sua Guerra Civil, em cerco mortal, quase genocídio, contra aquele pequeno País Árabe, alheia ao olhar do Mundo, que agora parece haver reagido, explodindo a maior Refinaria Árabe Saudita, causando pandemônio no Mercado Mundial de Combustíveis, levando para dentro das Fronteiras da Arábia Saudita, enfim, a própria Guerra criada por eles.

Leia mais...

O SENADO FEDERAL E A DITADURA DO STF

Por : Percival Puggina

          Há quem, diante dos problemas do país, intimado a reagir, proclame como sublimando sua cidadania: "Faço mais nada, cansei". A energia cívica durou até a eleição? Não resiste o enfrentamento com a oposição? Subestimava, tanto assim, os interesses contrariados?Os corruptos e os corruptores, os que contam bandidos mortos e não contam suas vítimas, os jornalistas a serviço "da causa", os "intelectuais" cuja fonte secou, os professores de narrativas ensaiadas, os abortistas e ideólogos de gênero não cansaram, não chutaram o balde e não mudaram de vida. Jamais!

Leia mais...

POPULISTAS DE DIREITA E DE ESQUERDA BERRAM EM UNÍSSONO: "A AMAZÔNIA É NOSSA!". VAMOS REFLETIR SOBRE ISTO?

Por : Celso Lungaretti

Uma conjunção de erros terríveis, acasos funestos e manipulações tecnológicas que pegaram a Justiça de surpresa (possibilitando que eleitorados fossem submetidos a verdadeiras lavagens cerebrais), fez com que uma tempestade perfeita desabasse sobre Inglaterra, Estados Unidos e Brasil. Como consequência, estes três países passam por seus piores momentos nas décadas recentes, com repercussões em escala planetária.

Leia mais...

O PODEROSO STF E A IMPOTENTE DEFESA DA INFÂNCIA

Por : Percival Puggina

 Há anos venho apontando a deformidade que, aos poucos, foi atribuindo ao STF o atual aspecto suspeito e assustador. Ele perturba a nação, infunde sentimentos de revolta e já nem tenta dissimular seu viés totalitário. Essa deformidade levou ao que se lerá nas linhas a seguir: uma verdadeira repulsa aos padrões morais da sociedade. Não há, entre nossos ministros, um único conservador e um único liberal. Tamanha exclusão da divergência só vamos encontrar em tribunais constitucionais de países como Cuba, Venezuela e Coreia do Norte.

Leia mais...

... A FACADA, E A FACADA, A FACADA, A FACADA, A FACADA E A FACADA EM JAIR BOLSONARO.

Por : Pettersen Filho

Crime jamais consumado, que continua apunhalando, todos os dias, a Sociedade brasileira, daqueles capazes de causar suspense, como Novela Global dos Anos Oitenta, tipo: “Quem Matou Odete Reutman ?”, que paralisa o País, e, se apurado, poderia levar aos Homens, outrora do Poder, embora alguns já presos, a mais tantos anos de Prisão, ainda que cometido por um Débil Mental, tipo Lee Oswald, que teria matado Kenedy, nos Estados Unidos, versão Tupiniquim de Assassino, no caso Adélio Bispo, vitima de uma Facada, quase fatal, há cerca de um ano atrás, o Presidente Jair Bolsonaro acaba de sair, esse fim de semana,  da sua quarta cirurgia, para desatino de muitos,  intacto...

Leia mais...

A CAMPANHA MENTIROSA DE FORA DO BRASIL DENTRO DO BRASIL SOBRE AS QUEIMADAS NA AMAZÔNIA

Profa.  Guilhermina Coimbra

"Importante não é ver o que ninguém nunca viu, mas sim, pensar o que ninguém nunca pensou, sobre algo que todo mundo vê."Arthur Shopenhawer, 1788-1860.  Os mentores da ridícula, mentirosa e ignorante campanha publicitária vinda de fora do Brasil contra o Brasil,  responsabilizando o Brasil por riscos ao meio ambiente e danos ao clima do planeta - em demonstração de total ausência de saber por falta de informação, na melhor das hipóteses – precisam urgentemente estudar mais, pesquisar mais e se informar melhor, antes de tentar desinformar o mundo.

Isto porque, a Amazônia é "inqueimável", isto é, não pega fogo, porque é úmida.

Leia mais...

EDITAL : PRORROGADO PRAZO DE INSCRIÇÃO :1º CONCURSO DE POESIAS “INCONFIDENTE MINEIRO”

O Cerimonial & Hostel “Inconfidente Mineiro”,devido a inumeros pedidos que requerem a dilação de prazo para inscrição,  vem através do presente Edital tornar Público regras e normas do 1º Concurso de Poesias “Inconfidente Mineiro”, e conveniar, perante a Sociedade Literária brasileira, e de outros Países que professarem a Língua  Portuguesa, que realizará no dia 1º de Dezembro de 2019, em sua sede à Av. Deputado Anuar Menhem, 1075 – Bairro Santa Amélia, Belo Horizonte – MG, estendendo o período de inscrição de 1º/10 a 15/11/2019, que transcorrerá da seguinte forma:

Leia mais...

QUANDO POLÍTICA E DIREITO TRANÇAM PERNAS

Por : Percival Puggina

          Esse tango em que Política e Direito trançam pernas pode acabar em tombo e fratura de quadril. Infelizmente, La Cumparsita (a palavra é um diminutivo de "cumparsa") é a mais demandada no bailão onde se apequenam as cúpulas dos Poderes Legislativo e Judiciário brasileiro. As palavras de Romero Jucá ecoam, ainda hoje, nos corredores e gabinetes pelos quais poderosos e influentes transitam com desenvoltura. "É preciso acabar com essa sangria" disse Jucá, no famoso diálogo gravado que manteve com Sérgio Machado, ex-presidente da Transpetro, a respeito da Lava Jato.

Leia mais...

DIA 12/09: “CORES, DORES & AMORES” MARINA BARREIROS MOTA LANÇA LIVRO DE POESIAS EM BELO HORIZONTE...

Por : Pettersen Filho

Nascida em Teófilo Otoni/MG, para o Mundo, Engenheira Civil e Empresária, lá para as bandas de Palmas/TO, a Poetisa Marina Barreros Mota, prefaciada pela Editora Versejar, escolheu justamente a Capital Mineira para lançar localmente o seu mais novo Livro de Poesias, “Cores, Dores & Amores”, de grande sensibilidade, da Mulher & Poetisa, dispensando, pelo que sugere o seu próprio Título, maiores comentários, que não a Leitura, lasciviante e emocionada do próprio Livro.

Leia mais...

DALLAGNOL NÃO É MEU AMIGO, MAS...

Por : Percival Puggina

          Não. Ele nem sabe que eu existo. Mas mexeu com ele, mexeu comigo. E vale o mesmo para o juiz Sérgio Moro e para a Lava Jato como um todo. O trabalho de combate à corrupção desenvolvido por todos os que participaram e participam da força tarefa tem um valor capaz de garantir nome de rua e monumento na praça. A Lava Jato, graças ao trabalho de seus procuradores, dos policiais federais, do juiz Moro e seus sucessores representa o mais extraordinário salto ético no ambiente judicial, político e nas relações de poder no Brasil.

Leia mais...

G7 ENTRE REGIONALISMOS E GLOBALISMO: Jogos e Fintas no Grupo dos Sete (Cimeira G7)

Por António Justo

Numa altura em que os estragos do globalismo liberal e do centralismo deveriam ser reconsiderados, debatem-se os senhores do globalismo contra os do regionalismo num jogo de interesses económicos em Biarritz; aproveitam-se uns e outros do escuro da fumarada que domina nos baixios populares para, cada um, longe de qualquer compromisso, levar a sua a melhor! O bem é que falam uns com os outros, o clima parece ser melhor que na última cimeira. O G7 continua a excluir a Rússia apesar de Trupo a desejar como futuro membro de um G8. Surpreendente foi a visita inesperada do ministro dos negócios estrangeiros do Irão a Biarritz, talvez uma esperança dos europeus sonharem um encontro entre ele e Trump (Certamente uma tentativa em vão)!

Leia mais...