PROFESSOR DE DIREITO CONSTITUCIONAL-PRESIDENTE DO BRASIL NÃO RENUNCIA

 

 Por : Prof. GUILHERMINA COIMBRA

Um Professor de Direito Constitucional na Presidência da República não renuncia, por maiores que forem as pressões.

A renúncia à Presidência da República é um tipo de expediente velhaco, enganador, irresponsável perante os cidadão do país que preside, apesar de apresentada ao Presidente do qual os interesses contrariados esperam a renúncia – como forma honrosa.

A renúncia não é forma honrosa

Leia mais...

TEMER CAI? TEMER FICA? DE QUE IMPORTA,AFINAL? HÁ SUBSTITUTOS AOS MONTES, PARA DESEMPENHAREM O MESMO PAPEL...

Por : Celso Lungaetti

Nova delação premiada vazada, novo alvoroço na política brasileira. Muita gente antevendo uma revanche contra Michel Temer, como se ele não fosse apenas um político profissional sem porte de estadista, nem carisma, nem nada que o distingua particularmente de milhares de outros que poderiam estar desempenhando o mesmo papel com desempenho equivalente. Não passa, enfim, do serviçal da vez da classe dominante. 

Desta vez ele cairá? É impossível afirmar agora, pois a partida mal começou. Mas, quem vai ganhar o campeonato, isto nós sabemos: serão os de sempre.

Leia mais...

A TRIPULAÇÃO SEQUESTROU O AVIÃO, ROUBOU A CARGA E O PILOTO SUMIU.

Por : Percival Puggina

          Escrevo dando aos fatos deste final de tarde apenas três horas de sedimentação. Quanto pesar pelo país! E quanto será propícia a esses malfeitores a cela da prisão! Exatamente numa semana em que o noticiário conseguia esboçar informações positivas sobre a evolução da economia nacional, uma investigação do MPF, no estrito cumprimento de seu dever, mostra ao país que Michel Temer é exatamente o que se poderia esperar que surgisse do interior do governo de onde saiu.

Leia mais...

HOJE E AMANHÃ : 18/05, JOTA VIEIRA, NO “PROJETO MUSICAL “UM BANQUINHO & UM VIOLÃO” NO INCONFIDENTE MINEIRO...

Por : Pettersen Filho

Hoje, superlativo, mero fonema, realidade crassa, o Cerimonial Hostel Inconfidente Mineiro, dentre o Projeto Cultural “Quintas & Sextas : Um Banquinho & Um Violão”, parceria entre o Cerimonial Hostel Inconfidente Mineiro, sempre apto a receber festividades, shows, palestras, exposições de arte, com Salão de Festas e pelo menos 19 suítes a disposição do público de fora de Belo Horizonte-MG, & o Bar e Restaurante homônimo, Inconfidente Mineiro, que oferece aos frequentadores, Tira Gostos variados, tais como, dependendo do dia, Pé de Porco, Rabada, Torresminho, e outras iguarias mineiras, sempre às Quintas & Sextas Feiras, trarão nesta Quinta Feira, dia 18/05 o Musico e Compositor Jota Vieira, e na Sexta Feira, dia 19/05, respectivamente, novamente, outra vez, e de novo, o Jota Vieira, das 19:00 às 22:00 hs, à Av. Deputado Anuar Menhem, 1075 – Santa Amélia, Região da Pampulha.

Leia mais...

UMA RUÍNA MORAL

Por : Percival Puggina

          Quanto mais Lula se desdobra em artifícios retóricos, como quem trata de escapar, em ziguezague, da artilharia dos fatos, mais parecido fica com o que se empenha em afirmar que não é. Assistindo trechos de sua inquirição perante o juiz Sérgio Moro, lembrei-me de uma entrevista dele, em Portugal, à jornalista Cristina Esteves, da RTP, em abril de 2014. Nos últimos momentos da conversa, veio uma pergunta sobre o mensalão. A resposta de Lula tem tudo a ver com seu comportamento dia 10 em Curitiba. Transcrevo: "O tempo vai se encarregar de provar que o mensalão teve praticamente 80% de decisão política e 20% de decisão jurídica. O que eu acho é que não houve mensalão. Também não vou ficar discutindo decisão da Suprema Corte. Mas esse processo foi um massacre que visava destruir o PT e não conseguiu". Em sequência, questionado sobre o fato de estarem detidas pessoas próximas a ele - como o ex-ministro José Dirceu e o ex-deputado José Genoino - saltou fora. "Não se trata de gente da minha confiança. Tem companheiros do PT presos".

Leia mais...

LULA x MORO: QUEM FOI O VENCEDOR? .

Por : Celso Lungaretti

Como diria Fiori Gigliotti, um conhecido locutor esportivo do passado, fecham-se as cortinas e termina o espetáculo

Os que torceram desbragadamente para o réu ou para o julgador, agora querem saber o placar final. Quem piscou primeiro? Quem foi mais rápido no gatilho? Quem mordeu o pó da derrota?

A resposta é simples: nenhum deles. Pois tudo não passou de mais uma Batalha de Itararé.

Leia mais...

AUDIÊNCIA DE LULA EM CURITIBA... : “O FÍM BRASILEIRO DE UM SONHO BORRALHEIRO...”

Por : Pettersen Filho

                      Primeiro encontro, cara a cara, entre o Juiz Processante, Moro, e o Ex´presidente Processado, Lula, saia, que resultado sair, da audiência que visa apurar a participação do Mito Lula em desvio de verbas, apropriação indébita, enriquecimento ilícito, aquisição de um Tríplex e Sitio em São Paulo, desde a Eleição original do Presidente Luis Inácio Lula da Silva à Cadeira Nº 01 do Palácio do Planalto, terá acabado, talvez para sempre, o, meio que, “Conto de Fadas” Tupiniquim que significou, no “Imaginário Popular”, a Primeira Eleição, e acesso, de um Operário, “Homem Simples do Povo” ao Poder, no Brasil.

Leia mais...

DECODIFICANDO AS DOUTRINAS, IDEOLOGIAS E FILOSOFIAS

Por : Profa. Guilhermina Coimbra

..."Certos homens odeiam a verdade, por amor daquilo que eles tomaram por verdadeiro!". (Santo Agostinho, Confissões, Livro X, Cap. XXIII).

..."Não posso fazer tudo, mas posso fazer alguma coisa. E por não poder fazer tudo, não me recusarei a fazer o pouco que posso". (Edward Everett Hale, Clérico e Escritor norte-americano, 1823-1909).
"Minério gerador de energia é pop, minério gerador de energia é auto-suficiência, minério gerador de energia é riqueza, minério gerador de energia é independência, minério gerador de energia é tudo". (Livremente inspirado na propaganda do Agro Negócio).

Leia mais...

PROJETO MUSICAL, “UM BANQUINHO & UM VIOLÃO”, TAMBÉM NESSA QUINTA E SEXTA FEIRA, NO INCONFIDENTE MINEIRO...

Por : Pettersen Filho

O Cerimonial Hostel Inconfidente Mineiro, dentre o Projeto Cultural “Quintas & Sextas : Um Banquinho & Um Violão”, parceria entre o Cerimonial Hostel Inconfidente Mineiro, sempre apto a receber festividades, shows, palestras, exposições de arte, com Salão de Festas e pelo menos 19 suítes a disposição do público de fora de Belo Horizonte-MG, & o Bar e Restaurante homônimo, Inconfidente Mineiro, que oferece aos frequentadores, Tira Gostos variados, tais como, dependendo do dia, Pé de Porco, Rabada, Torresminho, e outras iguarias mineiras, sempre às Quintas & Sextas Feiras, trarão nesta Quinta Feira, dia 11/05 o Musico e Compositor Jota Vieira, e na Sexta Feira, dia 12/05, respectivamente, o Musico Maurílio Marks, das 19:00 às 22:00 hs, à Av. Deputado Anuar Menhem, 1075 – Santa Amélia, Região da Pampulha.

Leia mais...

A FAMÍLIA GERADORA DE RELAÇÕES HUMANAS NA MISERICÓRDIA

Por : António Justo

Reflexão sobre a Família baseada em “A Alegria do Amor”

” A família é o lugar onde nos desenvolvemos como pessoas e cada família é a pedra base que constrói a sociedade”.

Na exortação apostólica “A Alegria do Amor” o Papa Francisco apela ao reforço da família, como “lugar da misericórdia” onde o plano de Deus se realiza. Não deixou de valorizar também a “dimensão erótica” do amor conjugal, como bom acompanhante: um “dom de Deus que embeleza o encontro dos esposos”. Como no Oceano, tudo o que é exterior muda e transforma-se com o tempo; as necessidades e as expressões afectivas também.

Leia mais...

OS HABEAS CORPUS DO STF: TERÁ A ÁGUA BATIDO EM QUEIXOS IMPRÓPRIOS?

Por : Percival Puggina

          Ao mandar de volta ao aconchego do lar João Claudio Genu, José Carlos Bumlai, Eike Batista e José Dirceu, a segunda turma do STF abriu a porteira nos dois sentidos. Saem os presos e as suspeitas invadem o topo do judiciário nacional.

          Chega às raias do inadmissível que, conforme denunciou o procurador Deltan Dallagnol, o mesmo grupo de ministros tenha mantido na cadeia delinquentes em situação análoga aos que agora manda soltar. Como costumava dizer um amigo meu, já falecido: "É a diferença entre pano de chão e toalha felpuda".

Leia mais...

LIBERANDO GERAL

Por : Maria Lucia Victor Barbosa

Em 5 de dezembro de 2016, durante o 10º Encontro Nacional do Poder Judiciário, em Brasília, a presidente do STF (Supremo Tribunal Federal), ministra Cármen Lúcia afirmou que “a sociedade precisa acreditar no Poder Judiciário para que não faça justiça com as próprias mãos”.

Seria ideal concordar com a ministra, mas a questão é que justiça se faz através do cumprimento das leis o que não é comum no Brasil. Geralmente ocorrem opiniões pessoais, interpretações esdrúxulas das leis, julgamentos políticos e sai livre quem tem recursos financeiros para pagar bons advogados. Acrescente-se a lentidão da justiça, notadamente do STF.

Leia mais...