PRESIDENTE PARA QUÊ ?

Por : Salvatore D' Onofrio

            Há tempo sabia que o poder corrompe, mas pensava que fosse apenas um vício ou crime e não uma doença. Recentemente, pela leitura do artigo de João Pereira Coutinho, "A doença do poder" (Folha, 27/6), que relata recentes estudos de psicologia e neurociência sobre a profunda relação entre o abuso do poder e a formação de lesões cerebrais, percebi que é uma moléstia patológica. As tentações autoritárias, desenvolvendo a vaidade natural e a loucura da ambição desenfreada tornam o governante um alienado da realidade, vítima de   ideologias insanas ou de um egoísmo narcisista que deforma a mente humana. Figuras emblemáticas dessa doença podem ser consideradas Stalin, Hitler, Fidel Castro, Hugo Chaves, Maduro, entre outros ditadores, presidentes ou monarcas autocratas.

Leia mais...

“NO BRASIL, ATÉ O PASSADO É IMPREVISÍVEL”

Por : Maria Lucia Victor Barbosa

A frase que dá título a esse artigo, de autoria de Pedro Malan é um misto de ironia e humor e visa traduzir o que somos, especialmente quando atualmente é desnudada de modo mais amplo a barafunda nacional na qual os governantes, associados a grandes magnatas, nos transformaram numa Réucracia que luta para continuar impune.

 

Para reforçar a ideia cito Raymundo Faoro que em sua obra-prima, “Os Donos do Poder”, escreveu de modo lapidar: “A civilização brasileira, como personagem de Machado de Assis, chama-se Veleidade, sombra coada entre sombras, ser e não ser, ir e não ir, a indefinição das formas e da vontade criadora”.

Leia mais...

A NEGOCIATA BRASILEIRA DO SÉCULO: TENTATIVA DE “VENDER” (???!!!) A BASE DE ALCÃNTARA, MARANHÃO.

 Por : *Prof. Guilhermina Coimbra.

Estão tentando passar para trás os residentes no Brasil, em mais uma negociata com bem público brasileiro inegociável!

Não pode, desistam! Os residentes no Brasil estão atentos e sabem, que não pode, pelo que se segue.

A Base de Alcântara no Maranhão foi construída com dinheiro dos contribuintes de direito – aqueles a quem a lei expressamente manda pagar os tributos - e de fato do Brasil: aqueles que pagam sem perceber, o tributo embutido em todos os bens que adquirem.

Leia mais...

NESSE DOMINGO, 02/07, MAIS UM SARAU DE POESIAS “INCONFIDENTE MINEIRO”...

Por : Pettersen Filho

Ocorre nesse Domingo, 02/07, tendo por público alvo Poetas, Músicos, Artistas e Escritores, além de aficionados com o tema, mais uma versão mensal do Sarau de Poesias “Inconfidente Mineiro”, em Belo Horizonte/MG, na Região da Pampulha, aberto ao público em geral, e com inscrições de participação já abertas, junto ao site www.inconfidebtemineiro.com.br ou pelo telefone/zap (31)996650965, sob patrocínio do Cerimonial Hostel Inconfidente Mineiro. 

Leia mais...

NESSE SÁBADO “MPB AINDA QUE A TARDINHA”, COM MAURÍLIO MARKS, NO INCONFIDENTE MINEIRO....

Por : Pettersen Filho 

Para alegrar as noites de Sábado, dia aprazível, destinado ao ócio e ao nada fazer, conforme começou, das 17:00 as 20:00 hs, ainda bem a tardinha, o Cerimonial Hostel Inconfidente Mineiro acaba de criar novo Projeto Musical “MPB : Ainda que a Tardinha”, nesse Sábado , 01/07, SOB NOVO HORÁRIO, DAS 20:00 AS 23:00 HS, com toda arte e musicalidade de Maurílio Marks, sempre aos Sábados, com muita MPB, Sambinha Raiz e International Music, regados à cerveja gelada e tira gosto du bão.

Leia mais...

COLOCANDO OS PINGOS NOS isss

Por : “Luiz Eduardo Rocha Paiva”

Há pouco tempo, uma autoridade do governo de Israel declarou que o Brasil era um anão diplomático. A recente visita do presidente da República à Rússia e à Noruega comprovou o que ela disse.

Ao chegar à Rússia, chamou a atenção que a maior autoridade presente no desembarque do nosso chefe de Estado era um vice-ministro, o que seria motivo para uma resposta diplomática à altura daquela verdadeira afronta ao Brasil. No entanto, nada foi feito.

Leia mais...

DELAÇÕES, COLABORAÇÕES PREMIADAS E O ESTRANHO CASO JBS

Por : Percival Puggina

          Por não lhe haver sido disponibilizado o instituto da colaboração premiada, Marcos Valério acabou como grande pato da ação penal referente ao Mensalão. Segundo leio, o publicitário, tardiamente, vem procurando construir um acordo nesse sentido desde meados do ano passado. Foi no âmbito da posterior Lava Jato que esse instrumento processual chegou aos colarinhos brancos e evidenciou sua inequívoca utilidade para desbaratar organizações criminosas que atuam nas vísceras do Estado brasileiro.

Leia mais...

A CLEPTOCRACIA E NOSSA CORRUPÇÃO ENDÊMICA

Por : João Antonio Pagliosa

Uma determinada ocasião, ainda no ano de 1995, li matéria em revista
brasileira (creio ter sido a Isto É), cujo foco era mostrar o nível de
corrupção do nosso povo.

A matéria enfatizava que nas empresas, organizações, instituições, o
roubo é prática generalizada e ocorre com todos, isto é, desde o
office boy até os diretores e patrões.

Li inclusive, entre aflito e atônito, que gerentes de instituições
financeiras recebiam aulas/cursos para aprender formas de surrupiar
dinheiro das contas de seus clientes, através da criação de códigos
diversos. Tais gerentes tinham na ponta da língua explicações mais ou
menos convincentes, caso o correntista se manifestasse com queixas
sobre seu saldo.

Leia mais...

TEMER DENUNCIADO : “ENQUANTO A CARRUAGEM LADRA, OS CÃES PASSAM...”

Por : Pettersen Filho

Tamanha é a inversão de valores no Brasil, em que Autoridade Denunciante, e Bandido Denunciado, alternam papeis, de Bandido e Mocinho, à velha moda cowboy, como um Duelo na TV no OK Curral, Michel Temer, Presidente em Exercício, fingindo que não é com ele, ainda ontem, em viagem à Rússia, tentando demonstrar fluidez,  ao aproximar-se da velha República Soviética, em pleno regime de Boicote Comercial patrocinado pelos EUA, onde tentou vender a Carne brasileira, acabou colhendo a represália Americana, ao vetar o ingresso da nossa carne in natura nos States, considerando ainda que, nem bem chegou ao País, acaba de ser denunciado pela Procuradoria Geral da República, por Corrupção Passiva, e outras coisitas mais, exatamente por fazer lobby para certo frigorifico.

Leia mais...

AGENDA CULTURAL “INCONFIDENTE MINEIRO”

Por : Pettersen Filho

Casa voltada à Cultura, espaço garantido para músicos, artistas e poetas, o Bar & Restaurante Inconfidente Mineiro, localizado na Região da Pampulha, em Belo Horizonte, divulga a sua Programação Musical para essa Semana, prevendo, no novo Projeto “TODA QUARTA FEIRA CANJA LIVRE” a apresentação do Cantor Claudio Framone, dia 28/06, (http://www.abdic.org.br/index.php/home-10/1751-dia-28-06-projeto-toda-quarta-feira-canja-livre-com-claudio-framone ), seguida pelo já consagrado Projeto “Quintas & Sextas – Um Banquinho & Um Violão”, na Quinta Feira, 29/06 Naurílio Marks, das 20:00 as 23:00 hs e na Sexta Feira, 30/06 Jota Vieira, mesmo horário..

Leia mais...

02/07 : ABERTAS INSCRIÇÕES PARA MAIS UM SARAU DE POESIAS INCONFIDENTE MINEIRO...

Por : Pettersen Filho

Tendo por público alvo Poetas, Músicos, Artistas e Escritores, além de aficionados com o tema, ocorrerá no próximo dia 02 de Julho mais uma versão mensal do Sarau de Poesias “Inconfidente Mineiro”, em Belo Horizonte/MG, na Região da Pampulha, aberto ao público em geral, e com inscrições de participação já abertas, junto ao site www.inconfidebtemineiro.com.br ou pelo telefone/zap (31)996650965, sob patrocínio do Cerimonial Hostel Inconfidente Mineiro. 

Evento já consagrado, em seu segundo anos de realização, ocorre uma vez por mês, sempre ao primeiro Domingo do mês, em que os microfones ficam abertos ao público, poetas e escritores, entre uma musica e outra, dentre a apresentação do Musico, nessa edição, Jota Vieira, com muita MPB e cerveja gelada, saboreada entre petiscos, no Bar e Restaurante Inconfidente Mineiro, pedidos à lacarte.

Leia mais...

A DESTRUIÇÃO DO AGRONEGÓCIO DO BRASIL

Por : Prof. Guilhermina Coimbra

A propaganda do agro-negócio do Brasil, ao invés de repetir o óbvio... ”agro é pop, agro é tec., agro é tudo”..., tem que ser mais incisiva, objetiva, direta e penetrante sobre tema da qual depende a sobrevivência do agro-negócio do Brasil.

Observa-se que estão tomando posse do Brasil zão, sob o olhar ignorante – na melhor das hipóteses – e o beneplácito do Governo brasileiro, o qual, por dever de ofício, tem a obrigação de zelar pela independência do Brasil nas áreas: agrária, mineraria, industrial, financeira e de serviços, da economia brasileira.

Leia mais...